4 de junho de 2011

Pesadelo


Estava tendo um pesadelo terrível. Nele, a sociedade marchava contra a razão, e apenas pelos padrões. Vidas jovens sendo tiradas por motivos tão fúteis, e, além de tudo, a responsabilidade alheia, porém repentina, sobrecarregava os ombros das pessoas. Elas eram pressionadas contra a parede, obrigadas a sucumbir. Indiferença sobrava, ignorância transbordava. E na metade do caminho, olhei para trás, tendo a cínica visão de um mundo devastado. Com os olhos cheios de lágrimas, continuei andando. Porque neste pesadelo, as coisas eram assim; quem não anda, cai. Quem cair, é pisoteado. Apenas os mais fortes e resistentes continuam, apenas aqueles que tem a força de vontade maior que tudo que acreditou, maior que si mesmo. Os diferentes eram julgados; os de opiniões oprimidos; apenas os que se deixavam levar por tudo que lhe era imposto, podiam continuar. No final de tudo, afim de me libertar desse terrível sonho, fui dormir.

4 comentários:

- Cherry and Bubbles - disse...

O pior deste pesadelo é não estar dormindo. As pessoas criticam a hipocrisia e são cada vez mais hipócritas. O pensamento livre é permitido, desde que concorde com a maioria.
Adorei o texto! Parabéns!

Obrigada pelo comentário no meu blog! ^^
Bejins;

Mariana Coelho disse...

Não deve existir algo pior do que você saber que mora em um pesadelo real, sensação pior do que você ter certeza de que não pode acordar desse sonho contanto que não durma, uau. O mundo é hipócrita, não, a sociedade é. De qualquer forma, é bom saber que podemos ter o pensamento vivo nos sonhos, pelo menos isso, é.
xxx
Mudei o endereço do blog denovo :0
Um beijo,

http://nossasmeiasrasgadas.blogspot.com

Cosabella disse...

Acho que na verdade as pessoas precisam ACORDAR pra perceber que desse jeito estão indo por um caminho que nem sempre tem volta, e se tornando cada vez menos humanos.
Desculpa por ter sumido um pouco, falta de tempo :/ Beijos, beijos

Tais Martins disse...

Como sempre ótimo post!
Adorei!
Sempre nos fazendo refletir de alguma maneira.

Beijão! (\_/)
('o(")
(@)(@)