29 de março de 2011

Alerta de Spoiler

     O que você faria se, neste post, eu te contasse o seu futuro? Se eu te falasse que curso iria fazer, com quem iria se casar, e até mesmo como morreria? Você iria fechar a janela, ou continuar a ler? Eu, pariculamente, não sei o que faria. Talvez eu leria tudo, só para depois fazer diferente. Só para provar a mim mesma que destino é bobagem, e que eu faço a minha própria vida.
  Seria mesmo?
      Quando se lê um spoiler de um livro, independentemente de saber ou não o que acontece no final, não há nada que se possa fazer para mudar. A mocinha vai se casar com o mocinho, e mesmo que se rasgue todas as páginas, não se pode mudar isso. Mas, ei, a vida não é igual a livros. E nós fazemos nossos próprios destinos, certo?
      Só a ideia que cada movimento meu já estava previsto me enlouquesse. Se o futuro não pode se mudado, o que estamos fazendo aqui? Somos só mais personagens de um grande livro chamado vida? Porque, se for assim, não somos nada além de fantosches.

2 comentários:

Anônimo disse...

a vida não é como os livros, mas boa comparação

Anna Chagas disse...

Obrigada (?)