27 de março de 2011

E não se esqueça

Trace seu destino, mas não deixe que ele o atrapalhe em tomar decisões. Cometa erros; comemore acertos, viva um pouco. Chore, sofra, sorria, grite, não deixe nenhuma oportunidade escapar. Saia um pouco, conheça pessoas, apaixone-se quando der, e se desapegue sempre que for necessário. Sonhe; mas não se prenda a eles, torne-os realidade. Faça o que der na telha, mas não se esqueça de arcar com as consequências. Enfim, faça o que for preciso, mas não deixe a vida passar na frente dos seus olhos. Porque, afinal, esta é muito importante para ser levada a sério.

4 comentários:

ManuSampaio disse...

Amei seu blog, já estou seguindo.
Segue também? http://alternativefeelings.blogspot.com

Bjoss :*

Mariana Coelho disse...

É isso mesmo. Não há motivos para ser um emo, para sempre estar de cara fechada para a vida. A vida está aí para ser vivida e aproveitada, é tudo tão bom. Basta superar o que deu errado. Acredite, não é tão difícil assim. (;

Muito bom, muito bom, Anna! Beijos.

Anna Chagas disse...

Manu; Claro, também adorei o seu blog (:

Mari; É triste ver pessoas que chegam no final da vida, e mal aproveitaram nada. Porque a gente está aqui para viver, e não se prender a só uma coisa.
Obrigada, beijão :D

Minne disse...

Ah, a vida é curta demais para ser gasta somente em tristezas, há uma diferença grande entre viver e existir, viver apreende tudo, todos os erros, os acertos, todos os sorrisos, todos os devaneios, toda a felicidade, toda a tristeza, todas as ações, viver é intensidade, existir...é existir.