18 de março de 2011

Black Swan


Há poucos dias, eu vi esse filme. Ele gira basicamente em torno de Nina, uma bailarina esforçada de Nova York, obcecada por perfeição. Além de tudo, parecia uma pessoa normal, mas mesmo aos 27 anos, era tratada, pela mãe, como um bebê. Para a felicidade de Nina, a sua academia vai fazer uma apresentação da peça O Lago Dos Cisnes. O professor da academia alega que a garota é perfeita para interpretar o Cisne Branco - é meiga, doce, e delicada. Mas nem de longe tem a maldade e a sensualidade do Cisne Negro. Mas, mesmo assim, ele dá o papel para a bailarina, por motivos que nem mesmo ela compreende. Foi quando sua loucura começou a se manifestar. Assustada com machucados que não se lembrava como adquiriu, e reflexos de espelho que não seguiam seus movimentos; Nina tenta ofuscar seu lado negro. Mas não tem sucesso. A coisa parecia ficar pior, e pior. Agora tinha alucinações, via coisas que não realmente aconteceram.
   Esse filme me chamou a atenção, principalmente no final, na parte a apresentação. Ela tentava tanto bloquear o próprio lado negro, que ele estava ficando mais e mais furioso, foi quando Nina não aguentou. Estava completamente insana. Jurava que Lily era sua rival, e queria seu papel de rainha dos cisnes. E, em certo ponto, matou-a, espelhada em fúria e esquizofrenia. Quando estava se preparando para entrar no palco, novamente, Lily aprece em sua porta, elogiando a performance. Nina se desespera, porque, aparentemente, Lily deveria estar morta. Abriu o armário que escondeu o corpo da garota, e, na verdade, ele estava vazio. Então percebeu que ao invés de enfiar o caco de vidro na barriga de Lily, ela enfiou na própria barriga. Assustada, tentou ignorar aquilo tudo, e voltou para o ato final da peça; quando o Cisne Branco se mata. 
   Quando a peça termina, Nina morre em seguida. Entre lágrimas e sangue, ela murmura "Eu me senti perfeita". Essa última cena gerou curiosidade, porque para algumas pessoas, a morte de Nina não aconteceu realmente, foi apenas mais uma alucinação dela. Eu acredito que sim, ela morreu. De qualquer jeito, esse filme foi muito bonito, mesmo exagerando nas cenas de sexo. Nina lutava contra o seu próprio Cisne Negro, e, no final, perdeu.

4 comentários:

Ju disse...

Oie Anna!

Nossa, ameeei esse filme! No ano passado, eu tive que lutar muito com o Cisne Negro dentro de mim, e, de uma certa forma, acho que todo muando tem um cisne negro dentro de si lutando para sair.

Também acho que ela morreu sim. E, acho que, naquele contexto, foi um final perfeito! Saí do cinema totalmente extasiada!

Beijosss

www.pessoaesdruxula.blogspot.com

Anna Chagas disse...

Eu também concordo que todos tenham um Cisne Negro dentro de si, e quanto mais reprimido ele for, mais furioso fica. Acho que não faria sentido se fizessem uma continuação para esse filme, e eu achei o final perfeito. Na verdade, achei o filme um pouquinho confuso, e criei um post só para organizar minha ideia sobre ele.

Beijos, Ju (:

Minne disse...

Ahh ainda assisto esse filme, quero tomar minha própria opinião quanto à ele, muitos disseram que é super confuso, outros, que é magnífico. Minha vontade de assistir é tamanha.

Anna Chagas disse...

Ele pode até parecer um pouco confuso, ainda mais quando ela começa a ver coisas que não aconteceram. Mas, quer uma dica? Veja o filme duas vezes, fica mais claro.